ALEGRAR-TE

ALEGRA-TE I

Pelo terceiro ano consecutivo, um grupo de músicos e cantores de Sete Lagoas realizou no auditório do UNIFEMM show beneficente à Casa de Caridade JK, entidade que professa a doutrina espírita e que realiza amplo trabalho social, como a manutenção da casa da sopa. O show deste ano recebeu o nome de Alegra-te e, como nos anos anteriores, o Radar registrou e vai mostrar em uma série de três programas, iniciada com a edição desta semana.

ALEGRA-TE II

Membro ativa da Casa de Caridade JK e uma das organizadoras do show, a cantora Gláucia Coutinho falou ao Radar após o espetáculo. Declara-se muito feliz com a realização de mais um show e pela oportunidade oferecida a um número maior de artistas de mostrar o seu talento. Diz que o objetivo é a cada ano se superar e oferecer espetáculos de melhor qualidade a um público fiel que prestigia o evento.

 

ALEGRA-TE III

O repertório do show deste ano foi todo composto por músicas de compositores ou intérpretes já falecidos. Justificando a escolha, Gláucia diz que foi um pedido dos mentores da casa de caridade, como forma de homenagear estes artistas que deixaram obra tão valiosa para se apreciada por várias gerações de brasileiros. Sobre a escolha do nome, Alegra-te, diz que, diante de tantas coisas ruins acontecendo, o objetivo do show era lavar as energias negativas, citando como exemplo a inclusão da nona sinfonia de Beethoven,cantada em português. Por fim, Gláucia agradece a todos os artistas que se apresentaram sem receber cachê, por amor à arte e a uma causa nobre, a caridade. A cobertura do show segue na Radar da próxima semana.

 

...